Translate this Page
ONLINE
1


Partilhe esta Página


Sobre magia com sangue
Sobre magia com sangue

O sangue é algo muito poderoso, tanto que quase todas as religiões destacam o uso do sangue em seus ritos.

O próprio Cristianismo se utiliza de Rituais de sangue: “bebei todos, este é meu sangue” ( durante a eucaristía cristã).

O problema com o antigo uso do sangue em alguns rituais de magia era que se utilizava quase sempre em quantidades excessivas, e para conseguir estas quantidades, era inevitável o sacrifício animal ou não.

O sangue é algo surpreendentemente poderoso, e parece que os sacerdotes pagãos de antigamente devem ter operado seguindo a lógica de que “se um pouco é bom, muito é melhor”

Estavam equivocados!!

O sangue, sem dúvida , acrescenta grande potência ao procedimento magistico.

Calma!!! não estou sendo conivente com os sacrifícios animais ou humanos, não!!!

O que quero dizer é que existem regras para o uso de sangue.

A mais importante “regra” para o uso do sangue na magia é: DEVE SER TEU PRÓPRIO SANGUE A SER UTILIZADO.

A pessoa que está fazendo o ritual com sangue, a realização da cerimônia ou o conjuro, é o indivíduo que tem o poder – e, portanto ele ou ela tem o mais poderoso sangue nesse momento, e não deve ter medo de derramar umas gotas. O sangue de ninguém mais será tão efetivo como o sangue da pessoa que está realizando a magia.

Quanto sangue utilizar?

Como a maioria das coisas em metafísica, o sangue é um símbolo muito poderoso. A vontade de submeter-se a um pouco de dor (especialmente em nossa cultura orientada ao conforto) e o ato de desprendimento de preciosos fluídos corporais pode somar enormes forças que têm pouca relação com a quantidade real de sangue que utilize.

Os que trabalham com feitiços de sangue têm que ter o controle em todo momento, com a mente para se concentrar e dirigir a força do sangue utilizado. De modo que umas poucas gotas são certamente suficiente para qualquer ritual imaginável .

Quando deve ser utilizado sangue nos rituais?

O uso de sangue em um feitiço ou conjuro é algo muito sério. Um magista cauteloso jamais usaria um feitiço com sangue em contextos mundanos (se o sangue funcionasse para ganhar na loteria todos seríamos ricos instantaneamente).

O consenso parece dizer que o sangue só deve ser utilizado para proteger aos seres vivos das ameaças graves para sua vida e saúde.

Os rituais com sangue farão com que você e teus entes queridos sigam vivos e sãos, mas não prósperos e poderosos. O sangue é algo elementar e básico, e só deve ser utilizado para os fundamentos magisticos de saúde e proteção, que não incluem dinheiro e prestígio.

Copyright ©